terça-feira, 31 de janeiro de 2012

A beleza dos jovens é o seu poder... Prov. 20:29

Revigora ver jovens que amam a Jeová usando suas vidas 
a Seu Serviço Sagrado.

Assembléia "Seja santificado o Nome de Deus"
Mateus 6:9


Se estas coisas existirem em vós e transbordarem, impedirão que sejais quer inativos quer infrutíferos no que se refere ao conhecimento exato de nosso Senhor Jesus Cristo. — 2 Ped. 1:8.




O profeta Jeremias é um excelente exemplo para nós. Ele precisava do apoio espiritual que recebeu de Jeová e sentiu-se muito grato por isso. Com esse apoio ele pôde pregar com perseverança para um povo não receptivo. “A palavra de Jeová tornou-se para mim . . . como um fogo aceso encerrado nos meus ossos”, disse ele. (Jer. 20:8, 9) Isso também o ajudou a suportar os tempos difíceis que culminaram na destruição de Jerusalém. Hoje, temos a Palavra escrita de Deus completa. Quando a estudamos com afinco e assimilamos os pensamentos divinos, nós, como Jeremias, podemos perseverar no ministério com alegria, ser fiéis sob provações e permanecer moral e espiritualmente limpos. Então, esteja decidido a não cancelar a sua Noite de Adoração em Família — nem mesmo uma única semana! — Tia. 5:10.
 w10 15/7 2:5, 8, 9

Tenha um lindo dia.
Rose

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Congrega o povo, os homens e as mulheres, e os pequeninos . . . , para que escutem e para que aprendam. — Deut. 31:12.



Será que os jovens de hoje também são convidados a se reunirem para adorar a Jeová? Sim! Portanto, é uma alegria para o povo de Deus ver que tantos jovens servos de Deus ao redor do mundo acatam a exortação de Paulo: “Consideremo-nos uns aos outros para nos estimularmos ao amor e a obras excelentes, não deixando de nos ajuntar, como é costume de alguns, mas encorajando-nos uns aos outros, e tanto mais quanto vedes chegar o dia.” (Heb. 10:24, 25) Além disso, muitos jovens participam na pregação das boas novas do Reino de Deus com os pais. (Mat. 24:14) E, como expressão de seu sincero amor a Jeová, todos os anos muitos milhares de jovens se apresentam para o batismo e recebem as bênçãos de ser discípulo de Cristo. — Mat. 16:24; Mar. 10:29, 30.
 w10 15/4 1:1, 3


sábado, 28 de janeiro de 2012

Por intermédio de um só homem entrou o pecado no mundo, e a morte por intermédio do pecado. — Rom. 5:12.

Alemanha (Foto-Lentecapto)


O relato bíblico sobre a rebelião no jardim do Éden é bem conhecido. Todos nós sentimos os efeitos do pecado de Adão. Por mais que nos esforcemos em fazer o que é certo, cometemos erros, pelos quais precisamos do perdão de Deus. Até mesmo o apóstolo Paulo lamentou: “O bem que quero, não faço, mas o mal que não quero, este é o que pratico. Homem miserável que eu sou!” (Rom. 7:19, 24) Nossos primeiros pais, Adão e Eva, tolamente rejeitaram a soberania de Deus, preferindo ser governados pela “serpente original, o chamado Diabo e Satanás”. (Rev. 12:9) Adão deu ouvidos à sua esposa e juntou-se a ela em comer do fruto proibido. Assim, Adão perdeu sua condição perfeita perante Jeová e nos colocou sob o jugo cruel do pecado e da morte. E a humanidade ficou sujeita a uma soberania rival, a de Satanás, “o deus deste mundo”. — 2 Cor. 4:4, Bíblia Pastoral; Rom. 7:14.
 w10 15/8 1:1, 3, 4

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Os irmãos em Listra e Icônio davam bom relato [de Timóteo]. — Atos 16:2.

Alemanha (Foto- Lentecapto)


A mãe de Timóteo, Eunice, e sua avó, Loide, eram cristãs dedicadas, mas seu pai era descrente. (2 Tim. 1:5) É possível que o apóstolo Paulo tenha conhecido essa família na sua primeira viagem a essa região, alguns anos antes. Mas agora ele demonstrava interesse especial por Timóteo, que parecia ser um jovem de qualidade excepcional. Assim, com a aprovação do corpo de anciãos local, Timóteo tornou-se assistente de Paulo nas atividades missionárias. (Atos 16:3) Timóteo tinha muito a aprender desse seu companheiro mais velho. Mas ele aprendeu — a ponto de, com o tempo, Paulo poder enviá-lo para visitar congregações como seu representante. Nos cerca de 15 anos de associação com Paulo, o inexperiente e talvez tímido jovem Timóteo progrediu a ponto de tornar-se um excelente superintendente. — Fil. 2:19-22; 1 Tim. 1:3.
 w10 15/6 2:6, 7

Tenha um lindo dia
Rose

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Sejam ganhos sem palavra. — 1 Ped. 3:1.


Maceió - (Foto:Lentecpto)


A Palavra de Deus diz à esposa que mantenha uma atitude de submissão em relação ao marido descrente. A sua boa conduta pode levá-lo a pensar no motivo de ela se comportar de modo tão excelente. Em resultado disso, o marido talvez examine as crenças de sua esposa cristã e acabe aceitando a verdade. Mas que dizer se o marido descrente não corresponde ao empenho da esposa? As Escrituras incentivam a esposa a sempre demonstrar qualidades cristãs, por mais difícil que isso possa ser. Por exemplo, lemos em 1 Coríntios 13:4: “O amor é longânime.” Portanto, a esposa cristã fará bem em comportar-se “com completa humildade mental e brandura, com longanimidade”, enfrentando a situação com amor. (Efé. 4:2) Com a ajuda da força ativa de Deus, seu espírito santo, é possível demonstrar qualidades cristãs mesmo sob circunstâncias difíceis. 
w10 15/5 2:6-8

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Considerai tudo com alegria, meus irmãos, ao enfrentardes diversas provações, sabendo que esta qualidade provada da vossa fé produz perseverança. — Tia. 1:2, 3.

Alemanha (Foto: Lentcapto)
Veja o exemplo de José, filho de Jacó, que foi vendido como escravo pelos seus próprios irmãos. (Gên. 37:23-28; 42:21) Será que José perdeu a fé por causa dessa crueldade? Ficou amargurado com Deus por ter permitido esse mal contra ele? A Palavra de Deus responde claramente que não! E esse não foi o fim das provações de José. Mais tarde, ele foi acusado falsamente de tentativa de estupro e foi preso. Mais uma vez, porém, ele não vacilou na sua devoção a Deus. (Gên. 39:9-21) Em vez disso, permitiu que as provações o fortalecessem, e foi muito recompensado por isso. É verdade que as provações podem causar tristeza ou até mesmo depressão. Mas, em vez de ficar desanimado, por que não encarar as provações como oportunidade de confirmar seu amor a Deus e refinar sua fé nele e na sua Palavra?
 w10 15/7 2:13-15

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Lembra-te, pois, do teu Grandioso Criador nos dias da tua idade viril. — Ecl. 12:1.

Alemanha (foto: Lentecapto)

Quantos anos vocês, jovens, precisam ter para aceitar esse caloroso convite de adorar e servir a Jeová? As Escrituras não especificam uma idade. Portanto, não se refreie, achando que é jovem demais. Seja qual for a sua idade, você é incentivado a aceitar esse convite sem demora. Muitos de vocês são ajudados a progredir espiritualmente pelo pai, pela mãe, ou por ambos. Se esse é o seu caso, você é como Timóteo dos tempos bíblicos. Sua mãe, Eunice, e sua avó, Loide, ensinaram-lhe desde criancinha os escritos sagrados. (2 Tim. 3:14, 15) É provável que seus pais estejam ensinando você de modo similar por meio do estudo da Bíblia, das orações e da frequência às reuniões congregacionais, assembleias e congressos do povo de Deus e por participar com você no ministério de campo. De fato, ensinar aos filhos os caminhos de Deus é um dever muito importante que o próprio Jeová confiou aos pais. 
w10 15/4 1:4, 5


quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

“Observai atentamente as aves do céu.”





  Jesus Cristo era um observador detalhista da natureza e costumava usar suas observações em ilustrações bem apropriadas, que ensinavam verdades morais e espirituais. Por exemplo, ele disse: “Observai atentamente as aves do céu, porque elas não semeiam nem ceifam, nem ajuntam em celeiros; contudo, vosso Pai celestial as alimenta. Não valeis vós mais do que elas?” (Mateus 6:26) Que lição comovente sobre o amor de Deus por sua criação humana!