sábado, 5 de janeiro de 2013

Não nos julguemos mais uns aos outros, mas, antes, tomai esta decisão, de não pordes diante dum irmão uma pedra de tropeço ou uma causa para cair. — Rom. 14:13.


Alguns cristãos em Roma julgavam outros de forma indevida em assuntos de escolha pessoal. (Rom. 14:1-6) Pessoas de ambos os lados da controvérsia foram aconselhadas por Paulo. (Rom. 14:10, 14, 15, 20, 21) Ele disse ‘a cada um deles que não pensasse mais de si mesmo do que era necessário pensar’. (Rom. 12:3) Depois de aconselhar todos eles, Paulo escreveu: “Assim, pois, empenhemo-nos pelas coisas que produzem paz e pelas coisas que são para a edificação mútua.” (Rom. 14:19) Devemos nos perguntar: quando surgem divergências entre irmãos, não deveríamos nós também resolvê-las com gentileza, procurando e aplicando humildemente os conselhos bíblicos? Como no caso dos romanos, ambos os lados de uma controvérsia talvez tenham de fazer ajustes para ‘manter a paz entre si’. — Mar. 9:50.
 w11 15/8 4:8-10


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Como é bom compartilharmos nosso estudo pessoal.
Sinta-se a vontade para comentar.