quinta-feira, 31 de maio de 2012

Nós temos a mente de Cristo. — 1 Cor. 2:16.


É bom lembrar-se que servir de toda a alma não é apenas uma questão de quanto tempo dedicamos ao ministério. As circunstâncias pessoais variam. A pessoa que dedica apenas uma ou duas horas ao serviço de campo por mês pode agradar muito a Jeová se isso for realmente tudo o que sua saúde lhe permite fazer. (Note Marcos 12:41-44.) Assim, para determinar o que significa para nós prestar serviço a Deus de toda a alma, é preciso fazer uma avaliação franca de nossas habilidades e circunstâncias. Como seguidores de Cristo, desejamos também harmonizar o nosso conceito com o dele. (Rom. 15:5) Ao que Jesus deu prioridade na vida? Ele disse às multidões de Cafarnaum: “Tenho de declarar as boas novas do reino de Deus . . . porque fui enviado para isso.” (Luc. 4:43; João 18:37) Tendo em mente o zelo de Jesus no ministério, avalie suas circunstâncias para ver se você pode expandir seu próprio ministério. — 1 Cor. 11:1. 
w10 15/4 4:13

Tenha uma boa noite
Rose


Um comentário:

  1. Ao ler o seu comentário me lembrei da ilustração que jesus fez da dadiva que aquela viúva depositou no templo embora fossem apenas duas moedas era todo o seu meio de vida ou seja era só o que tinha e o fez de coração sem pensar no que seria do amanhã confiou que jeová estaria olhando por ela essa é a verdadeira fé pois contem ação que cada um de nós possamos meditar qual é o valor de nossa fé não em dinheiro mas em ação a favor de jeová.um abraço Eli Birigui.

    ResponderExcluir

Como é bom compartilharmos nosso estudo pessoal.
Sinta-se a vontade para comentar.