domingo, 5 de fevereiro de 2012

Jesus . . . se entregou como resgate correspondente por todos. — 1 Tim. 2:5, 6.



Como descendentes de Adão, nós herdamos um corpo imperfeito inclinado ao pecado e condenado à morte. Quando Adão pecou, nós estávamos nas suas entranhas, por assim dizer. Portanto, a sentença de morte também nos atingiu. Se Jeová revertesse o processo da morte sem pagar um resgate, ele não seria fiel à sua palavra. Na realidade, Paulo falou por todos nós quando disse: “Sabemos que a Lei é espiritual; mas eu sou carnal, vendido sob o pecado. Homem miserável que eu sou! Quem me resgatará do corpo que é submetido a esta morte?” (Rom. 7:14, 24) Somente Jeová Deus poderia prover a base legal por meio da qual pudesse com justiça perdoar nossos pecados e nos livrar da penalidade da morte eterna. Ele fez isso por enviar, do céu, seu Filho amado para nascer como humano perfeito que pudesse dar a vida como resgate por nós. Diferentemente de Adão, Jesus permaneceu perfeito. De fato, “ele não cometeu pecado”. — 1 Ped. 2:22.
 w10 15/8 2:9, 10


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Como é bom compartilharmos nosso estudo pessoal.
Sinta-se a vontade para comentar.