terça-feira, 6 de março de 2012

O nascido será chamado santo, Filho de Deus. — Luc. 1:35.



Cedo na vida de Jesus, Maria pelo visto revelou a ele certos fatos a respeito de seu nascimento. Assim, certa ocasião, quando Maria e o pai adotivo de Jesus, José, o encontraram no templo de Deus, o jovem Jesus perguntou: “Não sabíeis que eu tenho de estar na casa de meu Pai?” (Luc. 2:49) Evidentemente, desde jovem Jesus sabia que era Filho de Deus. Portanto, magnificar a justiça de Deus era muito importante para ele. Jesus mostrou grande interesse em assuntos espirituais por frequentar reuniões para adoração. Com sua mente perfeita, ele sem dúvida assimilou tudo o que ouviu e leu. (Luc. 4:16) Além disso, Jesus tinha outro bem muito precioso — um corpo humano perfeito que podia ser sacrificado em favor da humanidade. Quando foi batizado, ele orava e talvez estivesse pensando nas palavras proféticas do Salmo 40:6-8. — Luc. 3:21; Heb. 10:5-10.
 w10 15/8 1:6, 7



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Como é bom compartilharmos nosso estudo pessoal.
Sinta-se a vontade para comentar.